“Tenho a possibilidade de negociar com empresas às quais eu não teria acesso”, afirma diretora da Zéfini! Conteúdos

“Tenho a possibilidade de negociar com empresas às quais eu não teria acesso”, afirma diretora da Zéfini! Conteúdos

Há seis anos na Tradaq, a agência de comunicação Zéfini! Conteúdos está entre as empresas da Rede lideradas por jovens empreendedoras. Em entrevista à Tradaq, Flávia Miranda, diretora do negócio, conta como se beneficia dessa sólida parceria. Acompanhe a matéria.

Raio X – Zéfini! Conteúdos
Ramo: criação de conteúdo.
Público-alvo: empresas que necessitam de assessoria nas áreas de Comunicação, Marketing e Treinamento; agências de Comunicação e Publicidade em geral; produtoras de vídeo; e produtoras de eventos.
Diretora: Flávia Miranda.
Tempo na Rede: 06 anos.
Localidade: São Paulo.
Site: www.zefiniconteudos.com.br

 

Tradaq: Qual o principal benefício em participar de nossa Rede?

Flávia Miranda (FM) – Nossa, é difícil listar o principal! Realmente são muitos os benefícios – profissionais e pessoais – em se tornar uma associada da Tradaq. Do ponto de vista de negócios, a Rede me abriu portas, isto é, me trouxe a possibilidade de negociar com empresas a que eu não teria acesso sem a mediação da Tradaq, e de fazer networking e reuniões com os donos ou com quem toma as decisões nas companhias”.

 

Tradaq: Como você utiliza a Tradaq em seu negócio?

(FM) – De diversas maneiras: sempre contrato os serviços de gráfica e compro brindes para colaboradores, parceiros e clientes. Já adquiri mobiliário de escritório e registrei minha marca em Créditos Tradaq. Recentemente, fiz um curso de especialização em uma instituição de ensino associada à Rede.

 

Tradaq: Você utiliza a Tradaq para beneficiar seus colaboradores?

(FM) – Com o lançamento da Conta Consumidor, passei a bonificar os colaboradores e os freelancers da agência de um jeito muito interessante: depositando os Créditos Tradaq em contas-correntes individuais, que eu mesma crio
para eles. Então, cada um consome os Créditos como preferir: indo a restaurantes, clínicas de estética, hotéis ou adquirindo outros produtos e serviços disponíveis na Rede.

 

Tradaq: E pessoalmente, você também usufrui da Rede?

(FM) – Sim, o meu principal uso da Rede é pessoal. Graças à Tradaq, minha qualidade de vida melhorou muito. Utilizo meus Créditos em restaurantes, salões de beleza, clínicas de estética e hotéis. Em 2017, montei um apartamento praticamente 100% em Créditos Tradaq: piso, móveis, iluminação e eletrodomésticos adquiridos com os parceiros da Rede. Há cerca de três anos também fiz algo muito bacana por meio da Tradaq: um curso de inglês com duração de dois meses em Nova Iorque.

 

Tradaq: Na sua opinião, como a Rede poderia melhorar ainda mais?

(FM) – Uma melhoria que eu e mais alguns associados propusemos e já vem sendo implementada é referente à comunicação da Tradaq. Inclusive, a própria Zéfini! Conteúdos tem desenvolvido boa parte desses avanços. Há cerca de dois anos temos reelaborado os comunicados padrão do sistema e os materiais de prospecção. Além disso, realizamos a gestão dos conteúdos do blog da Rede.

Um segundo ponto é que, apesar de já ter quase duas décadas de atuação, a Tradaq possui um modelo de negócio bastante inovador, de “vanguarda”, que dialoga muito com o universo da economia colaborativa e da representatividade. Assim, acredito que a Rede poderia ter em seu rol de associados mais startups e negócios liderados por jovens e, principalmente, por mulheres.

Outros itens que também merecem atenção são as permutas repassadas e o e-commerce. No caso das permutas repassadas, sinto falta de uma maior assessoria no momento das negociações que, de maneira geral, são um pouco mais “burocráticas”. Com relação ao e-commerce, acredito que o monitoramento poderia ser mais frequente, evitando a veiculação de ofertas desatualizadas.

 

Tradaq: Que dica você dá para outros associados potencializarem a parceria com a Tradaq?

(FM) – Minha primeira dica é: sempre que for contratar um serviço ou adquirir um produto, lembre-se da Tradaq. A Rede possui uma vasta gama de produtos e serviços, que muitas vezes nem imaginamos que sejam oferecidos. Por isso, pesquise no e-commerce e, se não encontrar, entre em contato com seu Executivo de Negócios.

Todos querem ter boas condições de compra por meio da Rede. Mas, para isso, é imprescindível também oferecer oportunidades vantajosas de negócios aos associados. Assim, minha outra dica é sempre praticar os valores de mercados, procurando fechar negócios 100% em Créditos Tradaq.

 

Tradaq: um novo jeito de rentabilizar seu negócio.

 

 

Tags: