Pesquisa de Satisfação Tradaq: veja como os associados avaliam a Rede

Volney-Faustini

Pesquisa de Satisfação Tradaq: veja como os associados avaliam a Rede

Fevereiro/2019 – Diretor da FIT Faustini,  Volney Faustini foi, pela quarta vez, responsável pela Pesquisa de Satisfação Anual da Tradaq.

Faustini, que é um dos pioneiros do Telemarketing no Brasil e, recentemente, lançou o livro de sua autoria 16 Gerações Brasileiras – Uma Análise Contemporânea de nossas Eras e Gerações de 1683 a 2028, conta em entrevista à Tradaq a importância da Pesquisa de Satisfação, quais foram os resultados obtidos na Pesquisa realizada junto aos associados este ano, e quais serão as ações tomadas a partir destas repostas e avaliações. Acompanhe!

RAIO X – FIT FAUSTINI
Ramo: gestão empresarial e vendas
Tempo na Rede: 12 anos
Cargo do entrevistado: diretor
Localidade: São Paulo
Site: www.faustini.com.br

Tradaq: Qual a importância de uma Pesquisa de Satisfação?

Volney Faustini (VF) – As empresas precisam fazer Pesquisa de Satisfação continuamente. Ouvir os clientes deve ser um mote. O maior pecado do Marketing é não ter intimidade com os consumidores. Pensar que sabe o que se passa na cabeça dos clientes é um erro monumental. Eles são muito mais sensíveis, reativos, temerosos e espertos do que imaginamos.

Assim, a Pesquisa de Satisfação é fundamental para uma melhor apuração dos reais sentimentos da carteira de clientes. É muito comum que, no meio das respostas e das avaliações, se descubra aspectos inimagináveis sobre as percepções dos consumidores. Estas informações inteligentes contribuirão para o planejamento estratégico da empresa e para aperfeiçoamentos em diversos âmbitos, a fim de assegurar a fidelização dos clientes.

Tradaq: Como foi a Pesquisa de Satisfação Tradaq 2018?

Volney Faustini (VF) – Realizada entre os meses de outubro e novembro, a Pesquisa de Satisfação Tradaq 2018 foi respondida por cerca de 20% dos associados, um número considerado bastante expressivo neste tipo de ação.

Um dos motivos do alto engajamento dos clientes é o histórico da Pesquisa de Satisfação da Tradaq. Há pelo menos 15 anos, a Rede promove esta campanha (os associados mais antigos devem se lembrar que esta sempre foi uma preocupação de Jose Rivero, fundador e mentor da Tradaq).

Esta longa trajetória de Pesquisas traz um grande benefício: a possiblidade de comparação entre respostas obtidas no passado e no presente. Assim, fica mais fácil saber se, na percepção dos clientes, a Tradaq de hoje está melhor do que a Tradaq de ontem.

O formato escolhido para a Pesquisa deste ano foi um questionário preenchido on-line, com cerca de 30 questões, sendo 3 delas abertas e 27 fechadas, utilizando a escala Likert para as respostas.

Tradaq: Quais foram as informações mais significativas levantadas na Pesquisa?

Volney Faustini (VF) – A percepção dos associados sobre a Rede está bem positiva. Nos principais indicadores de avaliação da qualidade e dos acertos, em 2018, a Tradaq obteve os melhores índices de todas as pesquisas realizadas até o momento.

Em parte, esse crescimento se deve às melhorias tecnológicas e ao e-commerce. O aplicativo Tradaq também é um importante responsável pelo contentamento dos associados. Além destes temas, houve outros apontamentos positivos, como o fortalecimento dos negócios do associado e o aumento dos indicadores financeiros.

Quanto aos aspectos negativos, a questão de política de preços é o que mais incomoda os empresários da Rede. Realmente, este é um ponto difícil de controlar, a menos que a própria Tradaq se proponha a fazê-lo com muita disciplina. A grande proposta de boa parte dos participantes da Pesquisa é que a Rede crie uma política rigorosa para controlar os valores cobrados.

Tradaq: O que será feito a partir destes resultados?

Volney Faustini (VF) – O propósito da direção da Tradaq é realizar ao menos três grandes desdobramentos. O primeiro é o de estas informações entrarem no Business Intelligence da empresa.  O segundo é uma estratégia de médio e curto prazo. A ideia é olhar para 2020 e anos seguintes, mas também olhar para dezembro 2018, janeiro de 2019.  Isto é, o que precisa e pode ser mudado imediatamente, será melhorado desde já. Por fim, o terceiro desdobramento é a adaptação e a sintonia fina operacional: é trabalhar para os Assessores de Negócios e o back office se aperfeiçoarem e se adequarem a demandas dos clientes.

Tradaq: Por que é importante que os associados respondam ao questionário?

(VF) Porque quem ganha é o próprio associado. Quanto mais adesão e qualidade tem a participação na Pesquisa, mais chances a Tradaq terá se tornar uma empresa cada dia melhor para os seus associados.

______________________________________________________________________________

A realização da Pesquisa de Satisfação Tradaq 2018 teve uma contrapartida social. Graças à participação dos associados, foram doados CT$ 4.000,00 para a ONG Torre Forte, uma organização que promove ações de combate à pobreza e projetos de assistência social, saúde e educação.

______________________________________________________________________________

VEJA TAMBÉM NO BLOG DA TRADAQ

TRADAQ 2019: EXPECTATIVAS E METAS

“A TRADAQ É UM EXCELENTE CANAL PARA DIVULGAR NEGÓCIOS”, DIZ CÍNTIA MANABE

MARCO DEL GIUDICE CONTA COMO A TRADAQ BENEFICIA NEGÓCIOS, SURPREENDE FUNCIONÁRIOS E OFERECE LAZER PARA A FAMÍLIA

Tradaq: um novo jeito de rentabilizar seu negócio.