“Fiz uma poupança com os meus créditos Tradaq e, quando precisei, os usei bem”, conta João Paulo Ayres

“Fiz uma poupança com os meus créditos Tradaq e, quando precisei, os usei bem”, conta João Paulo Ayres

Há 9 anos como associado da Tradaq, João Paulo Ayres, diretor da PósClique revela como faz o “bom uso” dos seus Créditos e conclui com balanço positivo sobre a Rede.

RAIO X – PÓSCLIQUE
Ramo: agência digital especializada em mídias de performance e data analytics.
Diretor: João Paulo Ayres.
Atuação desde: 2008.
Localização: São Paulo e Rio de Janeiro.
Público-alvo: empresas que buscam aumento de lucro ou posicionamento de marca por meio de canal on-line.
Site: www.posclique.com.br

Principal benefício da parceria com a Tradaq
À frente da PósClique, o empresário de 42 anos conta que um dos maiores benefícios da parceria com a Tradaq foi fazer uma poupança com os créditos para poder usá-los da forma certa. “Nos primeiros anos, eu fiz uma poupança com meus créditos de permuta e, quando eu precisei, a usei bem, de verdade. Mobiliei a empresa e o meu apartamento. Costumo dizer que minha casa é um mix de permutas”, explica Ayres.

Diferenciais e curiosidades
Para reformar e mobiliar esses dois imóveis, o empresário diz que buscou a parceria de aproximadamente 30 empresas da Rede. Ele nos revelou também outra curiosidade: a compra de seu apartamento também ocorreu no sistema de permuta. “Eu negociei com a incorporadora; ofereci meus serviços em troca das parcelas do apartamento”.

Viagem sem erro
Ayres usou os créditos também para viagens, e diz: “Não tem erro. Foi do que eu mais gostei até hoje”.

Saldo positivo
De maneira geral, o diretor nos conta que teve, sim, algumas expectativas não alcançadas, mas que está satisfeito com a parceria. “Como em qualquer transação comercial tradicional, eu tive algumas experiências não tão boas com certos parceiros, mas o saldo final, sem dúvida, foi positivo”.

Amplie o poder de uso de seus créditos e realize seus sonhos.

Tradaq: uma rede, infinitas possibilidades.

 

Tags: